Menu
Domingo, 20 de setembro de 2020

Instituições se manifestam sobre denúncias de abuso sexual em Jaú

Plantão de atendimento funcionará durante o final de semana por meio do WhatsApp

29 de Mai 2020 - 17h:39 Créditos: Redação, PMJ
Crédito: Reprodução postagem do Twitter

A Prefeitura de Jahu, por meio da Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres, Centro de Referência e Atenção da Mulher “Dra. Maria Antonia Sinatura Barros” (Casa Rosa), Procuradoria Especial Da Mulher na Câmara e Delegacia de Defesa da Mulher de Jahu vêm a público manifestar-se sobre os abusos e assédios sexuais relatados por mulheres e meninas por meio da hashtag no Twitter #exposedJau, e, prontamente, se colocam à inteira disposição para atendimento e apoio. 

“Proteger e dar voz as mulheres e meninas é fundamental para encorajar tantas outras que vivem em silêncio o peso dos abusos sexuais e, sobretudo, responsabilizar os agressores e promover efetivo combate à violência e assédios. Repudiar crimes sexuais contra mulheres e meninas é o mesmo que escrever com espirito de oração ou de revolução. Optamos por revolucionar as letras e palavras que de forma enfática denunciam a clara banalização da violência contra as mulheres no Brasil. As instituições supra citadas reiteram seu sério compromisso na urgência de combater e superar a violência contra a mulheres e meninas em nossa cidade por meio de ações que consolidem relações mais humanas, de respeito, igualdade e de paz. Estamos juntas nesse enfrentamento!”, reforça a secretária de Políticas Públicas para Mulheres, Cândida Ferreira. 

As instituições estarão de plantão neste final de semana para atendimentos, orientações e encaminhamentos por meio do WhatsApp 3624-7712.

 Recomendações
A voz das mulheres e meninas é fundamental para concretizar denúncias e encorajar tantas outras que vivem em silêncio o peso dos abusos sexuais e violência doméstica. Entretanto, as instituições orientam que não deva ser produzida e nem compartilhada nenhuma lista com “nomes“ de pessoas supostamente autores dessa violência. A denúncia formal é o meio adequado para produzir todos os efeitos legais e protetivos. Além disso, a Secretaria oferece todo amparo psicossocial e jurídico que são realizados por meio da Casa Rosa.

Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias