Menu
Segunda, 20 de setembro de 2021

Com avião de empresário, prefeitos de Jaú, Bauru e Lençóis vão a Brasília pedir ‘kit intubação’

A decisão de bater à porta do governo federal foi tomada porque o estado não está conseguindo suprir as necessidades dos hospitais

30 de Mar 2021 - 12h:27 Créditos: Paulo César Grange, com HoraH
Crédito: Divulgação/Facebook Ivan Cassaro

Os prefeitos de Jaú (Ivan Cassaro), de Lençóis Paulista (Anderson Prado) e de Bauru (Suéllen Rosim) pegaram carona em um avisão de empresário de Lençóis e foram para Brasília na manhã desta segunda-feira. A notícia da viagem em busca do “kit intubação” foi divulgada pelo prefeito de Jaú em sua página no Facebook, com fotos posadas ao lado dos demais prefeitos. O trio vai visitar o Ministério da Saúde e o Palácio do Planalto.

"Estou indo para Brasília nesse exato momento juntamente com a Prefeita de Bauru, Suéllen Rosim, e com o Prefeito de Lençóis Paulista, Anderson Prado. Devido a falta e o fornecimento por parte do Estado da medicação para intubação (o kit intubação para pacientes na UTI). Estamos a caminho de Brasília para tentar conseguir urgentemente junto ao Ministério da Saúde a medicação para que vidas sejam salvas", publicou Cassaro em sua rede social.

O site HoraH Notícias traz detalhes sobre essa viagem:

O prefeito Ivan Cassaro vai fazer um bate-volta a Brasília, DF, nesta 3.a feira (30), em mais uma tentativa de conseguir medicamentos para o chamado kit intubação de pacientes de UTI em Jaú. Os estoques estão no limite nos hospitais da cidade, especialmente na Santa Casa, que é referência SUS para o tratamento da Covid-19. Segundo apurou HORAH, Ivan e ao menos mais um prefeito da região vão decolar de Lençóis Paulista para Brasília no início da tarde e voltar ainda hoje.

A decisão de bater à porta do governo federal foi tomada porque o estado não está conseguindo suprir as necessidades dos hospitais. O prefeito Anderson Prado, de Lençóis, que vai a Brasília também, chegou ao ponto de pedir a transferência dos pacientes da UTI da cidade para outras localidades por falta de remédios para mantê-los intubados. Um desses medicamentos, que a cidade consome 320 ampolas/dia, tinha acabado e o Departamento Regional de Saúde (DRS) de Bauru mandou somente 40, suficientes para “dois ou três horas”.

Na Santa Casa de Jaú, o provedor Alcides Bernardi Jr informou ao HORAH que recebeu no sábado (27) “umas 350 ampolas de um medicamento, só que usamos 250 por dia”. Na noite de ontem (29), ele informou que aguardava nova remessa de remédios pelo estado entre hoje e amanhã — o hospital mantém média de 30 pacientes intubados nas UTIs, tanto Covid quanto para outras emergências. Segundo informação obtida pela reportagem, a Santa Casa, mesmo com estoque do kit intubação suficiente apenas para essa semana (caso não chegue mais), está recebendo pedidos de ajuda de outros hospitais.

SITE DO HORAH: CLIQUE AQUI

Cassaro, Suellen e Anderson

Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias