Menu
Sexta, 14 de maio de 2021

Na Barra, decreto prevê 6 horas para o comércio e libera cultos religiosos

Fonte: Jornal O Mirante

30 de Mai 2020 - 17h:35 Créditos: Jornal Mirante
Crédito: Reprodução/Mirante, com detalhe do prefeito da Barra

O Jornal O Mirante publicou neste sábado que a Prefeitura de Barra Bonita  publicou o decreto que autoriza a retomada do funcionamento do comércio da cidade durante a pandemia de Covid-19.


MAIS DETALHES ABAIXO

Assinado pelo prefeito Zequinha Rici, o documento lista quais segmentos poderão reabrir a partir de segunda-feira (1/6) e estipula expediente de seis horas para o comércio em geral. Restrições no atendimento e medidas de higiene também devem ser observadas.

A norma é válida para as empresas consideradas não essenciais. Estas, por sua vez, já tinham permissão de funcionamento – também com limitações – desde o início da quarentena, no mês de março.

Os segmentos de shoppings, galerias, comércio, serviços, bares, restaurantes e similares, além dos salões de beleza, devem limitar o atendimento a 30% de sua capacidade normal. O funcionamento deverá respeitar o máximo de seis horas diárias – mas não há determinação de qual horário deverá ser seguido.

Entre as exigências para a reabertura está o uso de máscara facial por funcionários e clientes e o distanciamento de no mínimo dois metros em caso de filas. Cada estabelecimento deverá, ainda, destinar funcionário para organizar filas na porta caso necessário. A fiscalização ficará por conta da Vigilância Sanitária e Fiscais de postura, que poderão ter o auxílio da Vigilância Patrimonial e Polícia Militar.

Estabelecimentos de alimentação possuem regras específicas, como não utilizar ar-condicionado, limitar dois clientes por mesa e destinar funcionários para servir os clientes no sistema self-service, mantendo o máximo de distanciamento.

IGREJAS
As atividades de igrejas e templos religiosos está autorizada na cidade, de acordo com o decreto publicado hoje, que segue determinação federação. A orientação é a obediência às normas estipuladas pelo Ministério da Saúde. A Diocese de São Carlos já havia expedido comunicado autorizando a retomada das missas católicas.

VEJA O DECRETO NA ÍNTEGRA. ACESSE bityli.com/rYy3A

Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias