Menu
Segunda, 25 de janeiro de 2021

Ivan Cassaro já tem 14 secretários definidos e deve fazer João Brandão presidente da Câmara

Demais cargos do primeiro escalão serão preenchidos na próxima semana

31 de Dez 2020 - 09h:27 Créditos: Paulo César Grange
Crédito: PC Grange

Na véspera de tomar posse como prefeito de Jaú, o empresário Ivan Cassaro tem definido parte do estafe que vai ajuda-lo a administrar a cidade. São 14 secretarias já definidas, faltando mais seis para serem preenchidas. O prefeito e seu grupo devem começar o ano com uma vitória na Câmara, com a eleição do candidato João Brandão, que apoiou o empresário na campanha passada e foi eleito pelo Patriota.

Em relação aos secretários nomeados, a lista divulgada pelo Jaumais foi entregue por Luis Arato, advogado de Ivan Cassaro na campanha e futuro secretário de Economia e Finanças. Arato é um dos coordenadores do grupo de transição e homem forte do futuro prefeito.

Ele desmentiu alguns boatos que circulavam pela internet envolvendo Meio Ambiente e Cultura e confirmou os nomes para Esportes, Finanças, Assistência e Mobilidade Urbana. Anunciou outros e reiterou os dois já citados anteriormente para Saúde e Educação.

“Ainda tem pastas para definir. Mas na semana que vem já estará tudo ok”, falou Luis Arato. Demais cargos de gerência, diretores e chefes de setores serão anunciados aos poucos, assim que o secretariado começar a tomar ciência das pastas. 


Nem tudo é novidade

Dentre os secretários nomeados, um deles já atua na administração do prefeito Rafael Agostini. Rafael Toniato Mangerona continua na Secretaria da Justiça e Defesa da Cidadania. Outro nome forte do atual prefeito e que continua é Candida Cristina Coelho Ferreira Guimarães, que já foi secretária de Políticas Públicas para Mulheres e volta para o cargo.

A Assistência Social será comandada por Rafael Vômero Teixeira, que teria sido uma indicação do vereador Rodrigo da ONG. A Comunicação terá Henrique Galhardo. A Cultura e Turismo será dirigida por Maurinei Vilela. O Desenvolvimento e Trabalho por Paulo Tebaldi. A Secretaria de Governo pelo militar Jeferson Bastos.

Três vereadores derrotados na última eleição vão ser secretários. O militar aposentado e professor de caratê Carlos Donisete de Oliveira será o titular na pasta de Esportes. Amilcar Marcel de Souza foi nomeado para o Meio Ambiente. Márcio Almeida, o PX, vai comandar a poderosa Secretaria de Mobilidade Urbana, sempre conduzida pelo vice-prefeito Sigefredo Griso. A Secretaria de Proteção e Defesa Animal será dirigida por Aline Chaves Mahcado Raimundo.

A Educação, cuja pasta foi a primeira preenchida pelo prefeito Ivan Cassaro, será Elenira Cassola. Ela chegou a gravar programa político na última eleição. Outro já anunciado anteriormente é Rodrigo De Callis Brandão para a Saúde.


Pendentes

Seis secretarias estão pendentes de nomeação. Uma delas é Chefe de Gabinete, que tudo indica seja entregue ao braço direito e principal  assessor de Ivan Cassaro, Marco Cipola.

E ainda: Administrações Regionais, Agricultura, Habitação, Projetos e Transparência Pública (ex-Ouvidoria).


Câmara

Em relação à presidência da Câmara, o nome sugerido por Ivan Cassaro, o ex-vice-prefeito João Brandão do Amaral, deve ser o eleito para o mandato de dois anos. Na oposição, após várias reuniões, o grupo de nove vereadores foi desfazendo e com ao menos três candidatos acabou perdendo força.

Já teve vereador que mudou de lado e outros que foram sondados a compor a mesa diretora para se aliar à situação. O resultado é que pode ser formada uma chapa com apenas quatro nomes para concorrer e marcar presença. Chance de a oposição eleger o presidente é mínima.

Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias